Labicom é inaugurado

Nesta quarta-feira (28/08), foi inaugurado o prédio Laboratórios Integrados de Comunicação e Informação (LABICOM), no Campus Samambaia. Na solenidade o professor Magno Medeiros, diretor da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), e Eliany Alvarenga, vice-diretora da FIC e professora do curso Gestão da Informação, falaram do papel importante que o novo prédio representará aos cursos de Publicidade e Propaganda, Biblioteconomia, Gestão da Informação, Relações Públicas e Jornalismo.

Na inauguração estavam presentes também o reitor Edward Madureira Brasil, os pró-reitores e diretores de unidades acadêmicas da universidade. Para o reitor Edward Madureira Brasil com o LABICOM haverá maior visibilidade dos outros cursos para a comunicação. Ele reforça ainda que a universidade tem crescido bastante nos últimos anos, e o LABICOM é um fruto deste crescimento.

Os estudantes terão aulas e atividades laboratoriais no novo prédio. No LABICOM, também funcionarão as agências Inova e Ponto e Vírgula, do curso de Publicidade e Propaganda, a Simetria, do curso de Relações Públicas, além dos laboratórios para os estudantes dos cursos de Biblioteconomia, Gestão da Informação e Jornalismo. O prédio está localizado no Campus Samambaia, próximo à Faculdade de Informação e Comunicação. Os estudantes poderão utilizar o espaço para aliar teoria e prática, aprimorando a qualidade dos profissionais que vão para o mercado de trabalho.

Apresentação Musical – Para marcar o evento, foi convidado para apresentação o Trio Brasil Acústico, um novo projeto de música instrumental brasileira que propõe explorar a música brasileira instrumental a partir de arranjos ousados. A principal característica musical do trio é a mistura de diversas linguagens musicais: samba, rock, salsa, baião, bem como a sofisticação harmônica do jazz, os fraseados do choro e os ritmos da música afro-brasileira.

Texto adaptado de: https://www.ufg.br/n/60319-faculdade-de-informacao-e-comunicacao-inaugura-laboratorio-integrado (Luiza Mylena)
Fotos: Carlos Siqueira e Matheus Giovane